Sobre Preparação

(Sobre o Paak Sau)

Sempre que tropeço e necessito correr penso em meu Kung Fu (功夫) e no quanto consigo estender minha conduta marcial as demais condutas, enquanto me deparo a minutos do jantar de sintonia com Si Fu (師父) e meus irmãos kung fu.

Me vejo na rua do via Parque com uma mala de 42x67 que deveria ser de rodinhas, mas agora é só de Rodinha, confesso que não estava leve e haviam 2 km a serem percorridos, dois atrasados quilômetros, culpar Murphy em algum nível é bem prático e quase tira um pouco dá sua culpa, mas sem me debruçar no quão ineficaz é, prossigo minha caminhada.

Sete minutos se passam e estou correndo ao lado de uma alma samaritana ao qual me arrependo de não perguntar o nome, que pedalava ao meu lado com minha mala espaçosa no bagageiro de sua bicicleta que produzia um barulho engraçado por conta do peso da bagagem, tirando as perdas de equilíbrio enquanto tentava entrar em prumo ele conduziu muito bem a bicicleta de som peculiar.


Enfim, chego ao Shopping Península em um restaurante Si Fu (師父), Si Hing Cledimilson, Si Hing Pereira e Si Hing André Almeida estão em sintonia enquanto jantam, ainda na porta tento não parecer alguém que estava correndo e ofegante e além de tudo arrasado, ineficiências a parte minha respiração parcialmente tinha voltado ao normal, entro em sintonia.

(A esquerda Si Fu, Si Hing Pereira e a Direita Si Hing André e Si Hing Cledimilson)
Sobre o jantar falamos dos preparativos da viagem e a trajetória de cada um até aquele momento e nossa visão dos fatos, meu Si Fu (師父), Julio Camacho (梅祖利奧), ouve com atenção, só de ouvir vemos os furos da nossa organização.
(Fragmentos do Ving Tsun Kung Fu - 


Curioso o fato de que quando estamos em posições de lideranças não nos permitimos deixar certos furos bobos, há sempre um Paak quando o ponto de referência está aberto e quando a situação pende prosseguimos com Da, isso quando o Si Fu (師父) não está por perto, quando estamos com ele não é difícil cruzamos o ponto de referência, braços e sairmos da base, sua experiência e consciência Marcial me faz sentir uma criança seguindo os passos certos, passos do Meu Si Fu, Julio Camacho, Líder do Clã  Moy Jo Lei Ou (梅祖利奧).

A caminho da Rodoviária me pergunto o quanto trabalho ainda vamos dar ao Si Fu (師父), e o porquê estamos em direção a rodoviária e não um aeroporto.

_____________________________

Si Fu (師父): Entre um monte de outras coisas, Pai e Mestre.
Si Hing (師兄): Irmão mais velho que cuida de Você.













Comentários

Postagens mais visitadas